Blog do Estúdio BIM

Conheça os Estádios da Copa do Mundo de 2018 projetados em BIM

Oito dos doze estádios que sediaram a Copa do Mundo de 2018 na Rússia foram construídos usando o software Tekla Structures BIM da Trimble

O Tekla Structures é uma ferramenta avançada de Building Information Modeling (BIM), que permite que os designers, contratados e organizações de construção por trás dos estádios realizem trabalhos de alta qualidade. Cada estádio construído para a Copa do Mundo de 2018 tem seus próprios detalhes estruturais espetaculares.

O Spartak Stadium de Moscou teve capacidade para 45 mil espectadores durante a Copa do Mundo de 2018. Tubos de paredes espessas foram usados na construção, o que permitiu reduzir o consumo de metal – como resultado, o teto pesa cerca de 8.500 toneladas. Com os arquivos de modelo 3D da Tekla trabalhando em conjunto com a produção automatizada, o projeto fluiu sem esforço da fase de desenho para a fase de fabricação.

O Estádio de São Petersburgo, projetado pelo arquiteto Kisho Kurokawa , acomodou 67.000 espectadores enquanto acolheu sete partidas da Copa do Mundo de 2018. As características estruturais do estádio incluem um campo de roll-out e teto retrátil de 286 metros de largura. Após dez anos de construção, o projeto foi adquirido pela Kurganstalmost. Ao usar o Tekla Structures, eles foram capazes de identificar colisões em potencial e evitar trabalho desnecessário no canteiro de obras, resultando em rápida conformidade com os requisitos da FIFA. De acordo com Kurganstalmost, o uso da tecnologia BIM foi fundamental, especialmente dado o cronograma apertado.

A Arena Mordovia, de formato oval, localizada em Saransk, recebeu quatro partidas e teve capacidade para 44 mil espectadores. A base do estádio é composta por 88 consoles interligados de 40 metros de altura com um vão de 49 metros. Belenergomash, fabricante de aço da Arena Mordovia, também produziu estruturas metálicas complexas de 60 metros com uma precisão de até 10 mm e um grande número de juntas soldadas. Com a tecnologia BIM, os especialistas da Belenergomash puderam simplificar seu fluxo de trabalho e garantir comunicação produtiva entre diferentes divisões.

“Essas obras foram concluídas a tempo graças ao uso do BIM e do pacote de software Tekla Structures”, disse Dmitry Dolzhenkov, especialista em suporte CAD da Belenergomash. “A tecnologia BIM ajudou a organizar um fluxo de trabalho transparente e garantir a interação produtiva de todos os especialistas envolvidos”.

A Volgograd Arena, que sediou quatro partidas e com capacidade para 45 mil pessoas, conta com um telhado exclusivo e uma fachada com tema de vime a céu aberto. A complexidade técnica do estádio tornou necessário que o fornecimento e a construção trabalhassem de perto para garantir a precisão ideal tanto na fabricação quanto na montagem. Para administrar uma tarefa tão difícil, era necessário o equipamento técnico certo.

A tecnologia BIM da Tekla integrou todas as informações disponíveis sobre a construção da instalação em um modelo 3D repleto de informações. Os dados podem ser transferidos diretamente do modelo para a máquina, permitindo maior flexibilidade e maior precisão, além de reduzir significativamente os tempos de produção.

Além dos estádios e arenas acima, o software Tekla Structures BIM da Trimble também foi usado para a construção dos seguintes estádios da Copa do Mundo de 2018:

  • Estádio Nizhny Novgorod;
  • Arena Samara;
  • Estádio de Fisht, Sochi;
  • Kazan Arena.

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp