Blog do Estúdio BIM

Entenda os Parâmetros Compartilhados no Revit

Quando falamos em parâmetros compartilhados no Revit, provavelmente o usuário comum tem um leve arrepio na espinha, achando ser algo muito complexo, “coisa de outro mundo”. Nesse artigo vamos te mostrar que não é nada disso, simplificando ao máximo o que provavelmente seja um dos melhores recursos do Revit.

Os parâmetros compartilhados nada mais são do que “campos de informações” que você pode adicionar em famílias ou projetos. As definições são armazenadas em um arquivo TXT independente dos arquivos de família ou de projeto do Revit, permitindo que você acesse o arquivo de diferentes famílias ou projetos.

As informações definidas em uma família ou projeto usando os parâmetros compartilhados não são aplicados automaticamente em outras famílias ou projetos utilizando o mesmo parâmetro compartilhado.

Para o pessoal da programação entender, parâmetros compartilhados seriam uma “linha de dados” dentro de uma tabela de dados num banco de dados. Um campo onde você insere uma informação e depois pode consultá-la ou editá-la posteriormente.

Quando utilizamos os parâmetros compartilhados, podemos “replicar” a informação daquele campo em tags (identificadores) e tabelas no arquivo do projeto em Revit.

No Revit, existem 4 tipos de parâmetros:

Parâmetros do Sistema: não podem ser alterados, mas eles estão sempre disponíveis. Isso significa que eles aparecem em identificadores, tabelas, projetos e famílias.

Parâmetros de projeto: são parâmetros personalizados que você adiciona a um projeto. Ao adicionar um parâmetro de projeto, ele está disponível para todos os objetos da categoria especificada ao longo do projeto e podem aparecer em tabelas, mas NÃO em identificadores.

Parâmetros da família: estão disponíveis para a família em que são adicionados. Eles não mostram em identificadores, tabelas e nem a outras famílias da mesma categoria. No entanto, você pode fazer um parâmetro personalizado (projeto ou família) disponível para as tags e tabelas, tornando-os um parâmetro compartilhado.

Parâmetros compartilhados: são definidos em um arquivo de texto externo (um arquivo compartilhado de parâmetro). Todos os parâmetros compartilhados serão criados a partir deste arquivo de fonte única.

Como usar os Parâmetros Compartilhados?

Vá até a aba “Gerenciar > Parâmetros Compartilhados”.

Nessa janela você terá acesso às seguintes opções:

  1. Procurar: Utilizado para procurar um arquivo TXT de parâmetros existentes.
  2. Criar: Opção de criar um arquivo base TXT novo para salvar parâmetros compartilhados.
  3. Novo: Criar um parâmetro
  4. Propriedades: Informações dos parâmetros criados
  5. Mover: Mover o parâmetro para outro grupo de parâmetros
  6. Deletar: Apagar um parâmetro
  7. Grupos – Guia de agrupamento de parâmetros
  8. Novo (grupos): Criar um grupo para organizar os parâmetros por categorias
  9. Renomear: Renomeia um grupo de parâmetros
  10. Deletar: Remove um grupo de parâmetros

É importante salientar que este arquivo TXT deve ser único e guardado em um local seguro, de fácil acesso e transferência para outro computador, pois caso seja necessário formatar seu sistema, basta recarregar o arquivo na nova instalação.

É recomendado que exista um único arquivo de texto com os parâmetros compartilhados e que para cada projeto ou template criado, sejam separados por grupos apenas.

Uma vez que algum parâmetro compartilhado seja carregado em um projeto, modelo ou família, este arquivo de texto não é mais referenciado. Com isso, basicamente você não precisa enviar este arquivo TXT com o arquivo de projeto para o contratante.

Para criar um parâmetro utilizando o arquivo TXT é importante especificar o seu tipo de parâmetro dentro das opções disponíveis.

Na caixa de diálogo das “Propriedades do Parâmetro”, dê um nome ao seu parâmetro, escolha a disciplina dele (comum, elétrica, tubulação, HVAC, Estrutural ou Energia) e o tipo do parâmetro, que está resumido abaixo:

  1. Texto: inserir um texto de única linha
  2. Número inteiro (usado em quantidades inteiras, como matrizes – arrays)
  3. Número (números decimais)
  4. Comprimento (cotas lineares)
  5. Volume
  6. Ângulo
  7. Declividade
  8. Moeda
  9. URL (link de websites ou mailto:[email protected])
  10. Material (permite definir um material do Revit)
  11. Sim/Não (caixa de seleção ou “checkbox”, usada em visibilidade)
  12. Tipo de Família: Permite selecionar uma família dentro de outra família

Após criar o arquivo com seus parâmetros compartilhados, você pode começar a criar parâmetros dentro do projeto ou da sua família, como você pode ver num exemplo aplicado em nosso template PPCIP logo abaixo:

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Facebook
LinkedIn
WhatsApp

Posts recentes